Fragmentos de Farid Attar

arton655

Trechos do cap. 13 da obra “O Livro dos segredos”

Na busca toda uma vida passou
Neste mar naveguei muito…
Todos já foram guias ou seguidores
Ninguém conhece o segredo divino
Cativos somos…
Conhece a Ciência dos Mistérios aquele que conhece os Mistérios
E por essa razão ela segue oculta por um véu
Já deixei de galopar, já que este vale não tem saída
Com as unhas cavei esta mina e queimei minha vida
Nem um instante dormi com o coração saciado
Apenas tive um instante de alento
Toda a vida vivi com o coração sangrando
De mim não fica grande coisa que possa ainda sair de minhas veias
Não haverá luto no mundo por minha morte
E para o meu mal não há remédio
Quem sou? Nada e menos que nada
Ter alívio é não ser
No não ser está o repouso

🕮 🕮 🕮